E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com Fone: (098) 99147-3880

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

Tribunal do Júri: Condenado a 12 anos de prisão, Homem que matou segurança no Bairro Areal em Chapadinha


 

O Tribunal do Júri foi comandado sob Presidência do Juiz de Direito Dr. Cristiano Simas, com a presença do Promotor de Justiça, Dr. Douglas de Assunção Nojosa, dos Advogados de defesas e sete jurados. O réu já estava preso no centro de detenção provisória de Chapadinha (CDP) há cerca de 2 anos, a sessão do Júri ocorreu nesta terça-feira, 29 de novembro, foi acompanhada também por parentes do acusado e vítima.    

Julgamento do acusado Romário Siqueira dos Santos. Vítima: Miguel arcanjo Sousa (Desudete).

O ministério público sustentou a condenação do réu nos termos só homicídio duplamente qualificado, prevista no artigo 121, inciso II e IV do código penal.

O ministério público na figura do promotor Dr. Douglas, queria pleitear a pena máxima, podendo chegar aos 30 anos, já que o réu possui extensa ficha criminal. Contudo, a defesa observando o imenso grau de dificuldade em plenário, comandada pelos advogados Criminalistas, Dr. Lauro Lima de Vasconcelos e o Dr. Lorival Soares, se valem de três teses defensivas, sendo acolhida uma delas, já que os jurados entenderam não reconhecer uma das qualificadoras do MP. Razão essa que o réu pegou uma pena de 12 anos de reclusão em regime inicial fechado.  

O crime

O vigilante Miguel Arcanjo de Sousa, conhecido como "Deusdete", de 47 anos, que também trabalhava como segurança de eventos, foi assassinado no início da madrugada de domingo, 14 de abril de 2014, durante uma festa, no Drinks Bar, no bairro Areal. 



Fonte: Alexandre Cunha.

0 comentários em “ Tribunal do Júri: Condenado a 12 anos de prisão, Homem que matou segurança no Bairro Areal em Chapadinha”

Postar um comentário

https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl