E-mail: blogdofoguinho@hotmail.com

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Após rebelião de Pedrinhas Secretaria de Segurança envia 14 presos para o CDP de Chapadinha


Por: Blog do Foguinho, 16 de outubro de 2013.

Após a rebelião que aconteceu na semana passada dentro do Presídio Penitenciário de Pedrinhas em São Luis, que resultou na morte de 13 detentos e vários feridos, causada por facções criminosas, a Secretaria de Segurança Pública do Estado resolveu esvaziar o presídio para controlar a situação.

Sem espaço no Presídio de Pedrinhas que foi causada uma grande destruição, a Secretaria de Segurança e a Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária está enviando para os presídios do interior do estado vários detentos. A cidade de Chapadinha recebeu 14 presidiários.


A chegada dos presos para o CDP foi acompanhada pela Polícia Militar de Chapadinha, e o Blog do Foguinho, ouviu o Diretor de Segurança e Disciplina “Sandro”, que falou sobre a reforma que o presídio recebeu melhorando a segurança e o espaço para os internos, Sandro destacou os 14 presidiários que Chapadinha recebeu de Pedrinhas, são de cidades da Regional do Baixo Parnaíba, onde ficarão mais próximos de seus familiares.


O Blog do Foguinho perguntou ao diretor se não tinha possibilidade de haver alguma briga ou algo que pudesse deixar a sociedade com medo na chegada desses presos, Sandro respondeuque, a sociedade pode ficar tranquila  que o presídio tem a total responsabilidade e segurança, com novas estruturas e uma equipe treinada para tranquilizar qualquer ato violento, mas que isso não vai acontecer.

O Blog perguntou sobre o grau de periculosidade destes 14 detentos, Sandro disse que ainda não teve acesso as fichas de cada um, mas garante a total tranqüilidade e segurança do CDP ( Centro de Detenção Provisória )


No total são duzentos e trinta presos que estavam no pátio da Casa de Detenção, em Pedrinhas, São Luís, que serão transferidos, até esta quarta-feira (16), para outras instalações do sistema penitenciário maranhense.

De acordo com a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), as primeiras transferências aconteceram na tarde e noite desta terça-feira (15).


Destes, 60 serão transferidos na noite desta terça-feira para o Centro de Detenção Provisória (CDP); 20 ficarão nas celas da Central de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ); 60 serão transferidos nesta quarta-feira para unidades prisionais do interior do Maranhão, como Bacabal, Chapadinha e Santa Inês; 57 passarão a noite de terça-feira no pátio e só na quarta-feira saberão qual o destino deles. 33 irão para o regime semi-aberto.



A Cadet foi depredada durante rebelião que aconteceu na última quarta-feira(9), onde nove detentos foram mortos no confronto entre duas facções criminosas. Outros 20 detentos ficaram feridos. Devido ao problema, o Governo do Estado decretou estado de emergência no sistema prisional maranhense por 180 dias. Tropas da Força Nacional foram encaminhadas para auxiliar nas obras de reconstrução do local.



A Sejap anunciou a construção de novos presídios nas cidades de Balsas, Codó, Açailândia, Santa Inês, Presidente Dutra, Viana, Bacabal, Pinheiro, Brejo e São Luís.






1 comentários:

  • 16 de outubro de 2013 16:20
    Anônimo Disse:

    Logo,logo não haverá mais déficit habitacional em nosso país: a metade da população estará morando nos presídios.

    delete

Postar um comentário

https://www.facebook.com/pages/Blog-do-Foguinho/217621605048826?ref=hl